Incêndio no Porto de Paranaguá fecha três berços, dizem agências

O incêndio – que foi controlado – começou no Corredor Leste de Exportação, próximo ao acesso a um dos carregadores de navios.


Um incêndio que começou em um importante terminal de exportação para commodities agrícolas no Porto de Paranaguá, no Paraná, interrompeu as operações em três berços, informaram duas empresas de navegação nesta sexta-feira (23).

“Todas as operações dentro do Corredor de Exportação foram temporariamente suspensas. As autoridades portuárias ainda não determinaram a data de reabertura dos berços afetados e a sequência revisada para atracação dos navios”, disse a agência marítima Williams.

As empresas de navegação Williams e Cargonave informaram em notas enviadas a clientes que o incêndio – que foi controlado – começou no Corredor Leste de Exportação do Porto de Paranaguá, próximo ao acesso a um dos carregadores de navios.

A Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA) respondeu a um pedido de comentário confirmando o incêndio em uma das correias do corredor de exportação que abastece o berço 214. Não houve vítimas.

A administração portuária afirmou que suspendeu de maneira preventiva as operações nesse berço, bem como nos berços 212 e 213. As embarcações que estavam nessas áreas foram desatracadas e direcionadas para outras áreas no porto.

A APPA não forneceu uma estimativa de quando as operações nas áreas afetadas serão retomadas. As causas do incêndio serão apuradas pelas autoridades competentes.

A agência de navegação Cargonave disse que cerca de 20 embarcações eram esperadas para atracar nesses três berços nos próximos dias para receber cargas de soja, farelo de soja e trigo.

Fonte: InfoMoney

Redação

A revista digital Porto Nosso é movida por quem vive o mundo fascinante da Logística e Comércio Exterior, com o propósito de trazer informações e análises detalhadas para profissionais e empresas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *