Portos do Ceará recebem visita de diretor da ANTAQ

Portos de Fortaleza e do Pecém movimentaram juntos 21,5 milhões de toneladas em 2023.


Os portos de Fortaleza e do Pecém, no Ceará, receberam a visita do diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), Eduardo Nery, na semana passada. Durante a visita técnica, Nery esteve com o diretor-presidente da Companhia Docas do Ceará (CDC), Lúcio Gomes, quando conheceu os projetos para 2024 e com o diretor-presidente do Complexo Industrial e Portuário do Pecém para tratar dos projetos para o local, em especial a implantação do hub de hidrogênio verde

Além disso, o diretor da Agência esteve nas instalações do terminal de contêineres da CMA Terminals e no terminal de grãos da Tergran, no Porto de Fortaleza, e se reuniu com a diretoria da ArcelorMittal, siderúrgica instalada em Pecém.

De acordo com os números do Painel Estatístico Aquaviário de 2023, os dois portos juntos movimentaram 21,5 milhões de toneladas de cargas, um crescimento de 1,36% em relação ao ano passado.

“Nós, da agência reguladora, achamos importante ver de perto o funcionamento dos portos espalhados pelo Brasil. Nesta semana, pudemos conferir as operações dos portos de Fortaleza e do Pecém e entender o motivo do desempenho tão positivo nos últimos anos”, afirmou Nery.

O Porto de Fortaleza movimentou, em 2023, 4,4 milhões de toneladas, um crescimento de 3,85% em relação ao ano de 2022. As cargas que puxaram esse crescimento foram as conteinerizadas com aumento de 52,54%, os granéis líquidos com 1,28% na movimentação de granéis líquidos e de 0,76% para granéis sólidos.

Por sua vez, o Porto de Pecém apresentou movimentação de 17,1 milhões de toneladas (+0,74%), com destaque para as cargas conteinerizadas, que cresceram 10,32%, e para carga geral, que aumentou 14,02% no ano passado.

Fonte: ANTAQ

Redação

A revista digital Porto Nosso é movida por quem vive o mundo fascinante da Logística e Comércio Exterior, com o propósito de trazer informações e análises detalhadas para profissionais e empresas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *