Governo apresenta ações para o escoamento da safra de grãos

Ministros de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho; dos Transportes, Renan Filho; e da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, detalharam as principais medidas.


As ações prioritárias do Governo Federal para facilitar o escoamento da safra de grãos 2023/2024 foram detalhadas nesta terça-feira (6), em coletiva à imprensa, na sede do Ministério dos Transportes, em Brasília (DF). Os ministros de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho; dos Transportes, Renan Filho; e da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, apresentaram um balanço do que foi feito no primeiro ano de gestão para impulsionar os principais corredores e as medidas previstas para este ano.

Sílvio Costa Filho ressaltou a importância de uma agenda integrada entre os ministérios e destacou a necessidade de ampliação e modernização dos portos brasileiros, por onde passam 95% da exportação nacional, para acompanhar o crescimento da produção agropecuária do país. “Tivemos em 2023 um crescimento de 29% só na exportação dos dois maiores ativos do agro, soja e milho. Por isso estamos com um plano estratégico desenhado, que vai desde investimentos em dragagem, em recuperação de mole (cais para navios), em área de estacionamento para acomodar caminhões. Tudo para potencializar a exportação do agro brasileiro”.

Entre os investimentos previstos para 2024, o ministro apresentou o valor de R$ 639 milhões que serão aplicados em portos e hidrovias para escoamento da safra e os projetos que serão priorizados com a criação da Secretaria de Hidrovias e Transporte Aquaviário: hidrovia do Rio Madeira, do Rio Paraguai, da Lagoa Mirim, da Barra Norte e a hidrovia do Tocantins.

No âmbito das rodovias e ferrovias, os investimentos públicos estão destinados aos corredores logísticos dos chamados Arco Norte e Arco Sul/Sudeste, e incluem diversas obras estruturantes, ações de manutenção e outras medidas para aumentar a segurança e a fluidez nas rotas de distribuição de grãos nos mercados interno e externo

Fonte: MPOR

Redação

A revista digital Porto Nosso é movida por quem vive o mundo fascinante da Logística e Comércio Exterior, com o propósito de trazer informações e análises detalhadas para profissionais e empresas.

1 comentário

  1. Manoel Rodrigues disse:

    Belas reportagens

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *