Ministro visita o Porto de Fortaleza e promete ações para a região

Em uma série de encontros e visitas, ele destacou iniciativas que prometem impulsionar a infraestrutura local e nacional.


Nesta quinta-feira (7) o ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, desembarcou no Ceará para uma agenda de trabalho, marcando presença e alinhando estratégias importantes para o desenvolvimento portuário da região. Em uma série de encontros e visitas, ele destacou iniciativas que prometem impulsionar a infraestrutura local e nacional. 

Durante a agenda foi assinado um termo de compromisso sobre o leilão do terminal de passageiros do porto de Fortaleza, realizado em 11 de agosto, onde foi concedida a área de movimentação de passageiros e atividades de entretenimento, com espaço para eventos sociais, exposições, festas, feiras e mostras.

O ministro reforçou o compromisso do governo brasileiro em impulsionar a economia e gerar empregos. “Estamos assinando hoje os cerca de R$ 3,5 milhões de investimento pontual, mas importante para gente melhorar o terminal, e a gente vai trabalhar para trazer novos cruzeiros, dando mais conforto ao turista, tendo em vista que a cada quatro turísticos que chega do estado, estamos falando de um emprego agora que é gerado é aqui na economia do Ceará”.

No cenário portuário cearense de 2022, o porto de Mucuripe e terminais privados operaram conjuntamente, movimentando um total de 21,2 milhões de toneladas de carga. 

A localização estratégica o coloca o porto de Fortaleza em proximidade com os mercados da América do Norte e Europa, facilitando o atendimento a empresas de navegação com linhas regulares para portos nos Estados Unidos, Canadá, América Central, Caribe, Europa, África e países do Mercosul. Além disso, oferece itinerários para os demais portos brasileiros através da navegação de cabotagem.

Redação

A revista digital Porto Nosso é movida por quem vive o mundo fascinante da Logística e Comércio Exterior, com o propósito de trazer informações e análises detalhadas para profissionais e empresas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *