Em 2023, Porto de São Francisco atinge maior movimentação da história

Com aumento de 34% com relação a 2022, a movimentação de mercadorias do Porto de São Francisco do Sul chegou a 16,9 milhões de toneladas em 2023.


Com aumento de 34% com relação a 2022, a movimentação de mercadorias do Porto de São Francisco do Sul chegou a 16,9 milhões de toneladas em 2023.

O resultado representa o recorde histórico na movimentação anual do terminal portuário do Norte catarinense, superando os 13,6 milhões de toneladas de 2021, o melhor rendimento até agora.

Aumento de 71% em dezembro

O balanço final de 2023 foi possível a partir da divulgação, pela autoridade portuária, esta semana, da movimentação do mês de dezembro, que alcançou 1,6 milhão de toneladas, o segundo melhor mês do ano, ficando atrás de agosto (1,8 milhão).

O resultado de dezembro significou um aumento de 71%, quando comparado com o mesmo mês de 2022 (938 mil toneladas). Assim, a movimentação de 2023 (16,9 milhões de toneladas) superou em 34% o ano de 2022 (12,6 milhões).

Para o presidente do Porto, Cleverton Vieira, uma conjugação de fatores permitiu alcançar essa expressiva marca, que consolida o Porto de São Francisco como o maior terminal portuário de SC. “Podemos destacar os investimentos públicos, realizados com receita própria do Porto, para aquisição e recuperação de equipamentos – balanças rodoviárias e ferroviárias e shiploaders -, manutenção de vias internas de circulação de veículos de carga e a abertura do novo acesso, com três balanças completamente automatizadas”.

Ele ressalta, também, a profissionalização da administração, com a consolidação do sistema de gestão integrado a partir das certificações ISO 9001 e 14001, além da obtenção da permissão para exportar milho à China e o início da licitação para contratação de derrocagem de rocha no cais.

Exportação supera importação

As exportações foram responsáveis por 60% do fluxo de produtos que passaram pelo Porto em 2023, com 10,2 milhões de toneladas.
Os maiores volumes operados no ano foram de grãos, com 9,6 milhões de toneladas (soja, 5 milhões, e milho, 4,6 milhões), seguido pelo óleo vegetal (250 mil litros) e madeiras, (196 mil toneladas).

As importações alcançaram 6,7 milhões de toneladas, com destaque para as bobinas e barras de aço (3,5 milhões) e fertilizantes (2,8 milhões).

“Só temos a parabenizar a gestão do Porto por ter conseguido dar maior eficiência nas operações e melhor aproveitar o bom momento que vivemos em alguns segmentos de carga, especialmente o mercado de grãos”, comemorou o secretário estadual de Portos, Aeroportos e Ferrovias, Beto Martins.

Crescimento constante

Desde o início de 2023 o aumento na movimentação de carga mensal, com relação ao ano anterior, foi ininterrupto. Em janeiro, por exemplo, foi 46% maior que o mesmo mês de 2022, assim como em maio (+48%) e em novembro (+35%).

O presidente Cleverton Vieira salienta, ainda, o importante papel da comunidade portuária francisquense para alcançar a maior movimentação de todos os tempos. “Sem a dedicação e profissionalismo dos trabalhadores portuários avulsos, servidores da SCPar e operadores portuários, além do arrendatário Tesc, cooperativas de motorista e órgãos intervenientes não teria sido possível alcançar números tão expressivos de 2023”.

Fonte: Porto de São Francisco do Sul

Redação

A revista digital Porto Nosso é movida por quem vive o mundo fascinante da Logística e Comércio Exterior, com o propósito de trazer informações e análises detalhadas para profissionais e empresas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *